1.27.2012

VALENTE por Rute Aquino




Quando o Luís me pediu pra escrever no blog dele, eu fiquei pasma. Alguns podem ter pensado que isso aconteceria um dia porque somos namorados, mas eu não.

Aprendi a entender e respeitar o trabalho dele. Não leio tudo que ele escreve, confesso, mas sei como ele pensa sobre várias coisas e conviver com ele faz com que eu possa aprender/compreender coisas sobre esse mundo dos quadrinhos que não estão no blog.

Pra mim foi como se ele tivesse me pedido em casamento. Por mais que isso pareça exagero.

Veja, ele pediu pra eu trabalhar ao lado dele falando sobre coisas pertinentes a ele desde muito tempo. Eu não sou nerd, que eu saiba. Não li e nem leio incontáveis histórias em quadrinhos, não sei nome de autores, roteiristas, desenhistas. Aprendi muitas coisas através dele, perguntando, observando, participando.

E então ele me deu mais um espaço pra conviver ainda mais nesse universo.

Então pensei “O que diabos eu vou falar aqui?” e ele me deu uma resposta tão óbvia do que ele queria que eu escrevesse que eu aceitei. Então veio a outra dúvida: eu vou falar de qual obra? Não quis começar falando de Persépolis, nem quis falar de Sandman... ia parecer continuação do Quadrinhos emDebate do qual participei...

Então me lembrei de um quadrinho que eu li e adorei desde a primeira tira. Valente.

Pra quem não sabe: Vitor Cafaggi é o criador desse adorável cão que se apaixona por uma gata chamada Dama. Essa história chegou em minha vida através do Luís, que leu e pensou que eu ia gostar. Ele não estava enganado. Ele baixava as tirinhas semanais que saíam no blog do Cafaggi e eu ficava doida esperando por mais.

Eu não tenho internet em casa (acreditem!) e esperar por cada nova tira contando uma nova parte da história desse cachorro tão cativante era uma forma de lidar com minha ansiedade. Então ganhei do Luís a compilação das tiras autografadas pelo próprio Cafaggi (valeu, Amor!) e li o resto da história... Maravilhosa história! Tão simples, tão óbvia, tão a cara de muita gente...

Não adianta, não vou contar muito da história, vá lá na Gibiteca no Dia do QuadrinhoNacional e compre seu exemplar; você não vai se arrepender. Uma das coisas que me cativou foi que é o cachorro que fica "viajando" apaixonadão pela gata. Mostra que os meninos também são sonhadores, também viajam, também se iludem, assim como nós meninas. Adoro o fato de ele desmistificar essa conversa que só as mulheres sofrem, se desesperam, se apaixonam e se afundam e flutuam no amor.

Vocês homens podem até dizer “É claro que nos apaixonamos! Claro que sofremos!”, mas isso não é permitido ser conversado a não ser em mesa de bar, não é permitido ser comentado a não ser pra mostrar o quão cruel são as mulheres... na maioria dos casos.

Amor é isso mesmo, dói, arrasa, faz um céu e inferno em cada um, homem ou mulher. Aí vem o Cafaggi e mostra isso com bichos de nomes perfeitos para cada personagem. Menino eu sou sua fã!

Também gosto muito do cotidiano que ele mostra. É um saco ter aulas de educação física, ainda mais quando se é um desastre ambulante. E lá vai o Valente passar por isso...

As tiras da história de Valente são pedaços de histórias de todos nós, contadas de um modo engraçado, cativante, brilhante. E tudo isso numa simplicidade repleta de desenhos espetaculares.

Sou suspeita pra falar porque eu adoro cachorros, aprendi a gostar de gatos, não suporto zoológico porque bicho pra mim não é pra estar enjaulado.

Mas acredito que se ele contasse a mesma história com pessoas aí que iríamos nos identificar! Quem não sorri com cara-de-cachorro-feliz-quando-vê-o-dono quando vê a pessoa amada? E o Valente como tem rabo ainda o abana quando a vê! Putz! Sensacional!

Eu já li as tiras todas umas três vezes ou mais. Não vejo a hora de novidades nessa história, mas até lá repito a dose do que já vi e recomendo a quem não leu que leia. Acredito que vá fazer um bem danado aos olhos (pois os desenhos são belos) e ao coração (preciso dizer mesmo os motivos?).


Veja mais de Rute Aquino em: conscienciafeminina.wordpress.com 

3 comentários:

  1. Adorei! Muito obrigado por tudo que está escrito aqui, Rute. Ótima estreia aqui no blog do Luís!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitor, sei que Rute vai querer responder por mim já que ela mesma é uma grande fã sua, mas de antemão eu agradeço sua ilustríssima presença mais uma vez aqui.

      E mais uma coisa, Valente e Duo.Tone foram um sucesso na Banca do Brasil, no dia do quadrinho nacional aqui em Fortaleza. Todos as cópias acabaram nos 30min logo após a abertura da Banca. Valeu mesmo pela força!

      Excluir
    2. Que bom que gostou Vitor! Muito legal você ter lido e melhor ainda você ter gostado!
      Agradeço MUITO o elogio!
      Não vou escrever mais porque Luís já disse tudo (graças a Deus! porque eu sou muito tímida!!). :D

      Rute Aquino.

      Excluir